sexta-feira, 31 de julho de 2009

Aqui dentro



Aqui dentro

A janela banhada de azul
Claro, belo, cru
Os olhos fitos no céu
Calados, verdes, pares
Lá no alto, bem lá no alto, passa algo
Flutua, se move, dança
Bate as asas, eriça as penas
Aqui dentro tudo imóvel
Quieto, lento, vazio
O relógio avisa: meio-dia
Os girassóis na parede sorriem
Mas aqui dentro ainda é tudo imóvel
O vento areja os pensamentos

Leila Claudia Braga

1 comentários:

Pablo Feliciano da Silva disse...

eu ja comentei direto pra leila!!!!

escutem o poema!!!
http://radiopiratablog.blogspot.com/2009/07/aqui-dentro-leila-claudia.html

Postar um comentário