sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Violão




Vem, corre
Pega o teu violão e me segue
Não há muito mais para levar
Preciso saber o que há por trás de tudo
O que as metáforas não conseguem alcançar
Nem a mente do homem pode traduzir
Vem e dedilha
Me conte toda a sua história em três minutos
Os mistérios por trás dos teus olhos sorridentes
Com quaisquer palavras que você conheça
Vou estar ouvindo, atenta
Você pode me dizer quando, onde
Ou por que nós chegamos até aqui?
Nós demos as mãos e saímos por aí
Sem direção ou prazo
Tudo dura o infinito, se quisermos
Ou soubermos a fórmula
Esse acorde é tão bonito
E eu gosto dos teus dedos nas cordas
Quando me calo eu te vejo assim
E tudo o mais vai passando
Sem se notar
Ainda resta um minuto
Para a sua história terminar
Canta de novo aquele refrão
Ainda há uma tarde inteira
Para tudo o que quero te mostrar

Leila Claudia Braga

0 comentários:

Postar um comentário