segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Anexo




Não pense que as respostas vem soltas no vento,
Nem espere que elas estejam prontas,
No alto daquela colina
Ou fora desse planeta.
Às vezes tudo o que precisamos é parar
e olhar





pra dentro.



Leila Monteiro de Castro

2 comentários:

Pablo disse...

poesia concreta agora? mto legal!

Leilucha disse...

a gente vai cansando de fazer a mesma coisa, né? hahaha

Postar um comentário