segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Caleidoscópio





É do amor à arte
É pelo amor à parte
É de amor ao todo

Que me movo.



Leila Monteiro de Castro

0 comentários:

Postar um comentário