segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Malas




Você tem que correr antes que tudo exploda
Você tem que gozar antes que o instante morra
Você tem que sofrer antes de ser feliz
Você tem que lutar pelo que sempre quis

Eu não quero pensar em ver você partir
Eu não quero apostar pra ver tudo ruir
Eu não quero sentir o frio da manhã
Eu não quero provar toda essa hortelã

Mas eu quero um beijo seu

Se eu pudesse inventar a hora do sol sair
Se eu pudesse migrar sem ter pra onde ir
Se eu pudesse sorrir com toda a sua cor
Se eu soubesse ganhar pra sempre o seu amor

Correria o mundo inteiro
Nessa correria que o mundo tráz
Mas te veria sem pressa alguma
Sem hora nenhuma pra ir deitar

Se eu pudesse escolher a hora de partir
Se tivesse certeza de onde quero ir
Levaria o seu coração
E todas as suas malas

Leila Monteiro de Castro

1 comentários:

Pablo disse...

tá cada dia melhor... daqui a pouco vai ficar insuportável!

Postar um comentário